fbpx

A bíblia dos candlesticks

Os candlesticks foram criados no século XVIII, por traders de arroz no Japão. Naquela época, o arroz era a riqueza dos fazendeiros japoneses. A técnica de análise dos gráficos de velas, tradução para o português de candlesticks, é atribuída ao trader Munehisa Honma. As suas teorias são desenvolvidas e estudadas até os dias de hoje.

 

Diz a lenda que o Sr. Honma ganhou fama ao realizar 100 trades lucrativos consecutivos a partir da utilização das teorias que ele desenvolveu ao longo dos anos, negociando arroz no Japão.

O candlestick representa graficamente a variação de preços de um determinado ativo em uma unidade de tempo, nele estão representados:

  1. Preço de abertura – é o preço pelo qual foi fechado o primeiro negócio do intervalo.
  2. Preço de fechamento – é o preço pelo qual foi fechado o último negócio do intervalo.
  3. Preço máximo – é o maior preço negociado no intervalo.
  4. Preço mínimo – é o menor preço negociado no intervalo.

Atualmente, um dos livros que é considerado a bíblia dos traders modernos é o Candlesticks Charting Explained, do autor Gregory Morris.

O interessante desse livro é que ele mostra os percentuais de assertividade de cada padrão, a partir de backtestings realizados em bases de dados de negociação bastante extensas. Dessa forma, fica fácil o trader estudar e alinhar suas as expectativas, a partir da montagem de estratégias que utilizem esses padrões.

Quem quiser investir no conhecimento que esse livro oferece, na Amazon está disponível!

Para receber outras informações diárias, curta nossa página no Facebook ou inscreva-se no nosso canal do TelegramTwitter e Instagram. Postamos diariamente algumas idéias, nessas redes sociais, e sua participação e feedback serão mais do que bem vindos. 

Produtos para investidores

 

Leia também...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

14 − thirteen =