fbpx

Análise do mercado :: semana 06 à 10 de Setembro

Internamente, atravessamos  um momento extremamente sensível na política, atualmente capitaneado pela ruptura entre os poderes executivo e judiciário, que intefere de forma negativa no andamento dos negócios e da economia no país.

Observamos logo abaixo como a curva de juros longos abrirem mais de 1oo pontos base num períod de um mês, apontando que o prêmio de risco do país vem aumentando significativamente, tanto pelo aspecto político, como também pelo lado da dívida (econômico).

Na semana que passou, algumas notícias preocuparam os mercados, como a retração do PIB trimestral em 0,1%, o recuo da atividade industrial em 1,3%, a aprovação do texto da reforma tributária que traz uma série de modificações, entre eles a tributação sobre os dividendos em 15%, e ainda, toda a questão envolvendo o tema precatórios.

Senão bastasse, esta semana estarão todos de olho nas manifestações previstas para ocorrerem nesta próxima 3af, dia 07 de Setembro, e seus possíveis desmenbramentos ao longo das próximas semanas.

Vamos observar…

Análises gráficas

As análises abaixo refletem apenas opiniões de cunho pessoal, e não ecoam de maneira alguma qualquer tipo de recomendação de investimento. Além disso, as mesmas são estritamente gráficas, e não consideram qualquer variável adicional, incluindo as citadas no início desse texto.

Ibovespa

Como vínhamos comentando, a faixa dos 120mil pontos era uma correção possível, depois do IBOV atingir os 132mil pontos (correção de – 10%): “dois suportes podem se apresentar de forma importante para uma nova perna de alta, a faixa dos 125mil (região onde o índice estacionou nesta última semana), por ser a zona do seu último histórico, a o topo histórico pré-pandemia, perto dos 120mil pontos, que coincide com a retração de 50% de fibonacci desta última perna. Ainda há espaço para uma correção mais acentuada, se considerarmos o canal de alta desenhando no gráfico abaixo…” 

Neste momento, o próximo suporte importante é a linha inferior do canal mencionado acima, e a perda desse suporte com força, pode significar uma depreciação de maior relevância para as próximas semanas.

Numa visão dolarizada,  também alertamos: “observa-se que o ibovespa se encontra dentro de um canal amplo de alta, também muito próximo à sua linha superior, e a expansão de 100% de fibonacci, conforme gráfico abaixo. A probabilidade de uma correção não é desprezível. Assim como o topo histórico anterior em moeda local pode funcionar como suporte, a média de 200 períodos no índice dolarizado em confluência com a linha inferior do canal de alta, podem também em conjunto trabalhar da mesma maneira.”

Da mesma forma, o IBOV dolarizando está numa importante região de suporte, e a perda da linha inferior do seu canal de alta, assim como a média citada acima, reforçam a possibilidade de um cenário mais depreciativo.

Contratos de dólar

Os contratos futuros de dólar vêm trabalhando dentro de uma ampla congestão, conforme o retângulo destacado no gráfico abaixo. O risco fiscal e as intermináveis crises políticas, deixam a faixa abaixo dos USDBRL 5,00 como um sonho novamente distante.

A expectativa era que o índice DXY rompesse o seu topo anterior, confirmando a figura de ‘W’, especialmente se fosse confirmado o tapering no simpósio de Jackson Hole.

No entanto as divulgações ainda dúbias da economia americana continuam a dar suporte para uma política mais dovish do FED, sugerindo que as taxas de juros reais negativas americanans podem permanecer neste patamar ainda por mais algum tempo.

S&P 500

O principal índice americano continua fazendo máximas históricas de forma consecutiva. 

A economia americana ainda vem produzindo sinais de recuperação, no entanto, com indicadores mistos (como a última divulgação do payroll bem abaixo das expectativas do mercado).

A tendência de alta se mantém até segunda ordem, como observamos no canal de alta demarcado pelas duas linhas diagonais e paralelas em azul, com uma projeção de alvo na casa dos 4.600 pontos, conforme gráfico abaixo.

Commodities / Metais / Bitcoin

Nas últimas semanas o preço do barril de petróleo vem oscilando bastante com o receio no lado da demanda perante o aumento do contágio pelo coronavírus ao redor do mundo, e também pela possível desaceleração da economia chinesa, conforme sugere as últimas divulgações de indicadores econômicos.

Os preços do minério de ferro vêm corrigindo de forma acentuada, saindo de uma máxima de quase USD 230, chegando a atingir um valor infeior aos USD 147 (correção de – 35%), com potencial para alcançar a região dos USD 130.

O cobre vem trabalhando de forma mais resiliente, mas acabou perdendo uma LTA que vinha sendo respeitada há bastante tempo, conforme gráficos a seguir.

Ouro / Bitcoin

O metal após dar sinais que havia rompido para cima um importante canal de baixa (bandeira de alta?), volta a testar novamente a mesma, buscando um rompimento que se confirmado, tem o potencial de levar o mesmo novamente para a sua máxima histórica.

Já o bitcoin depois de testar a faixa dos USD 30mil por algumas vezes, voltou a subir de forma muito consistente, e pode ir também testar a sua máxima histórica, próximo dos USD 60mil.

Agenda econômica

Teremos 2 feriados importantes nesta semana, fechando o mercado americano na 2af, e o nosso na 3af. A depender das manifestações aqui no dia 07 de Setembro, poderemos ter um mercado bastante volátil a partir de 4af. Abaixo seguem os eventos mais importantes para os próximos cinco dias.

Se este conteúdo lhe foi útil de alguma forma, não esqueça de compartilhar nas listas de discussão que você participa.

Aproveitamos também para agradecer as 1.300 inscrições e convidá-los a assistirem os principais vídeos do nosso canal do Youtube:

 

Para receber outras informações diárias, curta nossa página no Facebook ou inscreva-se no nosso canal do Telegram, TwitterInstagram. Postamos diariamente algumas idéias, nessas redes sociais, e sua participação e feedback serão mais do que bem vindos. 

Produtos para investidores



Leia também…

Tagged

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

5 × four =