fbpx

Análise do mercado :: semana 07 à 11 de Junho

Observamos o Real se valorizar contra o Dólar com bastante força nas últimas semanas. Mas até onde irá esse movimento?

Primeiramente, é importante mencionar que o dólar já apresentava uma trajetória de queda em relação à diversas moedas, conforme demonstra o gráfico DXY, na parte mais inferior desta análise.

No entanto, a moeda brasileira acabou não se aproveitando de boa parte deste movimento, devido principalmente à adoção de uma política monetária ultra-expansionista, acompanhado de um gasto fiscal extratosférico para um país emergente, chegando a elevar a dívida bruta de um patamar de 75% para quase 90% em apenas um ano.

Contudo, o aumento do spread (diferença) das taxas básicas de juros aqui no Brasil e nos EUA, a divulgação de dados mais otimistas, como a elevação da projeção do PIB para este ano, o retorno das discussões de pautas reformistas, como reforma tributária e administrativa etc., vem contribuindo para um ambiente mais otimista no que diz respeito à economia do país, e consequentemente para uma valorização do Real frente ao Dólar.

Mas uma série de riscos importantes ainda podem interferir nesta tendência, como a dificuldade de combater esta atual, triste e severa pandemia, a possibilidade da adoção de medidas de cunho populista e eleitoreira – e claro, a própria eleição presidencial em si – que pode acarretar num futuro retrocesso em simplificar e reduzir a presença / interferência do estado em nossas vidas.

Análises gráficas

As análises abaixo refletem apenas opiniões de cunho pessoal, e não ecoam de maneira alguma qualquer tipo de recomendação de investimento. Além disso, as mesmas são estritamente gráficas, e não consideram qualquer variável adicional, incluindo as citadas no início desse texto.

Ibovespa

O principal índice brasileiro fez novo topo histórico, depois de realizar uma correção na retração de 50% de fibonacci relativo à sua perna anterior de alta. Desta forma, o alvo próximo à região dos 140mil pontos – assumindo que o descanso / correção que o levou dos 105mil aos 93mil pontos foi apenas a confirmação de uma bandeira de alta – se mantém bastante forte, contudo com importantes resistências pela frente, como a linha superior do canal de alta (linhas diagonais paralelas em preto) originado em 2016.

Numa visão dolarizada,  observa-se que o ibovespa se encontra dentro de um canal amplo de alta, também muito próximo à sua linha superior, e a expansão de 100% de fibonacci, conforme gráfico abaixo, o que sugere também a possibilidade de uma futura e breve correção.

Contratos de dólar

Os contratos futuros de dólar vêm trabalhando dentro de uma ampla congestão, conforme o retângulo destacado no gráfico abaixo. A moeda americana vem mostrando um determinado enfraquecimento diante das moedas de países emergentes, como a do Brasil, e pode testar a base desta aglomeração perto dos USD/BRL 5,00.

O índice DXY nestas últimas semanas também vem evidenciando um enfraquecimento do dólar frente às moedas de países desenvolvidos, e pode voltar a testar o suporte marcado pela linha mais espessa em vermelho na parte inferior do gráfico a seguir.

S&P 500

Nas duas semanas o principal índice norte-americano operou de forma bem volátil, realizando sombras inferiores relevantes, e se movimentando muito mais sobre o eixo do tempo, do que no eixo do preço.

A economia americana vem produzindo sinais de recuperação, no entando, com uma série de divulgações dúbias, como os dois últimos payrolls que vieram com números inferiores às expectativas dos mercados.

Neste sentido torna-se possível a produção de uma lateralização mais alongada em busca de sinais (dados econômicos, notícias, relações comerciais, estítulos fiscais etc.) para a definição de um movimento mais acentuado.

Commodities / Metais / Bitcoin

Também com uma recente alta expressiva, os preços do barril de petróleo (WTI) operam numa clara tendência de alta, e pode buscar sua próxima resistência na casa dos USD 76/bbl.

Relatórios recentes divulgados pela OPEC e também pela IEA, sugerem otimismo com relação à demanda, embora mencionem que as incertezas ainda são bem consideráveis.

Os preços do minério de ferro e de cobre depois de subirem de forma muito acentuada, num misto de disrupção da cadeia de suprimentos, e uma demanda inesperada vinda principalmente da China, operam neste momento de forma mais cautelosa após sofreram recentemente com a notícia de que o país tentará controlar de alguma forma os preços das commodities.

Ouro / Bitcoin

O metal rompeu para cima um importante canal de baixa (bandeira de alta?) e voltou a subir com importância nas últimas semanas.

Já o bitcoin corrigiu de forma abrupta, e pode ter marcado um fundo / suporte na casa dos USD 30mil.

Agenda econômica

O calendário econômico desta semana será bastante importante, onde destacamos a decisão da taxa SELIC no Brasil (4af), divulgação do índice de inflação ao produtor nos EUA, assim como da atividade industrial neste e também na China.

Se este conteúdo lhe foi útil de alguma forma, não esqueça de compartilhar nas listas de discussão que você participa.

Aproveitamos também para agradecer as 1.300 inscrições e convidá-los a assistirem os principais vídeos do nosso canal do Youtube:

 

Para receber outras informações diárias, curta nossa página no Facebook ou inscreva-se no nosso canal do Telegram, TwitterInstagram. Postamos diariamente algumas idéias, nessas redes sociais, e sua participação e feedback serão mais do que bem vindos. 

Produtos para investidores



Leia também…

Tagged

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

twelve + twenty =